Conheça: Marcha das Vadias

4 de março de 2013


  "A gente é vadia porque a gente é livre"
 Julia Zamboni, antropóloga 

    Muitos devem estar se perguntando, "mas que nome é este para um post?". Pois bem, aproveitando a deixa de esta ser a semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, quero lhes apresentar (isso se vocês já não conhecerem) a "Marcha das Vadias". Ela é um movimento oriundo de Toronto, no Canadá, que surgiu em 3 de abril de 2011, a partir de um protesto. Esse movimento se internacionalizou, sendo, hoje, realizado em diversas partes do mundo. Tá, é um protesto, mas contra o quê? A Marcha das Vadias protesta contra a crença de que as mulheres que são vítimas de estupro pediram  isso devido as suas vestimentas (um grande absurdo, não!?). E, durante a marcha, as mulheres usam, além de roupas cotidianas, roupas consideradas provocantes (lingerie, saias,  blusinhas transparentes, salto alto, apenas sutiã).

Origem: (fonte: Wikipédia)
    Em janeiro de 2011, ocorreram diversos casos de abuso sexual em mulheres na Universidade de Toronto. O policial Michael Sanguinetti fez uma observação para que "as mulheres evitassem se vestir como vadias (sluts, no inglês original), para não serem vítimas". O primeiro protesto levou 3 mil pessoas às ruas de Toronto.
        O movimento ocorreu também em Los AngelesChicagoBuenos Aires e Amsterdã, dentre outros lugares.

No Brasil: (fonte: Wikipédia)
     A primeira Marcha das Vadias no Brasil ocorreu em São Paulo, em 4 de junho de 2011, organizada pela publicitária curitibana Madô Lopez. Após o anúncio do evento com a criação de uma página no Facebook, mais de 6 mil pessoas confirmaram presença. No entanto, diferentemente das versões em outros países, somente cerca de 300 pessoas compareceram, de acordo com a contagem da Polícia Militar. Neste mesmo ano, iniciou-se a manifestação em RecifeBelo Horizonte e Brasília, e em 2012, no dia 29 de junho, ocorreu a 1ª Marcha das Vadias na cidade de Teresina. No dia 28 de julho de 2012, aconteceu a primeira marcha em São José do Rio Preto, SP.

Marcha das Vadias Sampa: (fonte: fanpage)
     "A Marcha das Vadias de São Paulo, assim como a Marchas das Vadias no mundo, marcha para que a sociedade entenda que as mulheres não são responsáveis pela violência que sofrem. A sobrevivente NUNCA é culpada. Culpado é o agressor."
      Este ano, Marcha das Vadias em São Paulo já tem data para acontecer; será no dia 25 de maio. Por se tratar de um assunto que, SIM, diz respeito a todas nós, mulheres, a presença do maior número de pessoas é importantíssima. O menosprezo que as mulheres ainda sofrem, em pleno século 21, é enorme, e culpá-las de um crime no qual as próprias são as vítimas é um absurdo sem tamanho. É preciso dar um basta e se posicionar contra toda esta tolice, este preconceito. Não é porque nunca aconteceu com você ou com alguém próximo, que o estupro não exista. Ser conivente com tudo isso, de alguma forma, te torna cúmplice. 
      Nós, mulheres, assim como qualquer pessoa, somos livres e donas de nossas próprias vidas e corpos. Nós é que decidimos o que vestir e o que não vestir, e cabe absolutamente a nós, decidirmos com quem vamos dormir. 
"Meu corpo, minhas regras" 

   Para maiores informações:

5 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar sobre essa marcha. Realmente acredito que vc não é o que veste, mas vc tb não pode impedir o que os outros pensam de vc pelo modo como vc se veste e age. Bem, é um absurdo nossa sociedade manipuladora, mas.... é a triste vida!
    Lindo blog, xará;!
    bjs
    http://oicarolina.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. otimaa iniciativa de quem participa dessa marcha. Só faltava culpar as mulheres por serem vitimas de estupro daimepacienciaSenhoooor
    beijos, www.loucacinderela.com

    ResponderExcluir
  3. Adoro tudo que elas fazem, são coisas absurdamente bem elaboradas.
    Sempre lutando para igualar os direitos das mulheres.
    Vamos ser feministas ><

    ResponderExcluir
  4. Acho horrivel isso de culparem as mulheres! Tipo WHAT? Estupro é culpa apenas do maníaco idiota que deve ser isolado!
    xoxo
    peoples-says.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Tipo, vivemos em uma sociedade preconceituosa que nunca culpa os reais culpados.
    Apesar de achar que os manifestos não vai adiantar muito.
    :/
    lindo blog
    bjs
    http://oicarolina.wordpress.com

    ResponderExcluir